O TESTE

Uma boa parte de vírus, bactérias e parasitas são encontrados nos alimentos e na água que ingerimos. E o teste "O-Ring" consegue identificá-los com mais precisão e rapidez do que os testes clínicos convencionais. 

Como a Bioenergética pode auxiliar na detecção precoce de diversos males.

 

Doenças, bactérias, vírus e tumores já podem ser detectados no organismo antes mesmo de se manifestarem clinicamente.

 

Isso pode ser feito com a aplicação do Bi-Digital "O Ring Test" (BDORT). Um teste capaz de identificar moléstias, parasitas e agentes infecciosos.

                     

O exame é simples e dura, em média, uma hora. O teste consiste em aplicar sobre a pele do paciente lâminas especiais com amostras cristalizadas de bactérias, vírus e tumores. Caso o paciente tenha algum desses elementos no organismo, o exame o acusa no mesmo instante.                                                                                             

Outro processo importante do BDORT é a capacidade identificar o excesso de metais no organismo, como alumínio, cobre, mercúrio, chumbo, entre outros. Os metais, além de maléficos à saúde, impedem que os remédios tenham ação eficaz. A maneira mais comum de absorver esses tipos de metais é ingerir exageradamente peixes, leites e queijos; consumir alimentos preparados em panelas de cobre ou ficar exposto em locais muito poluídos.

                                     

Com o objetivo de manter uma vida saudável e prevenir doenças, recomenda-se fazer o BDORT pelo menos uma vez ao ano.  

 

Importante: O teste pode ser aplicado em pessoas de qualquer idade sem restrições. E pode também ser aplicado em animais.

Para animais e pessoas com problemas de locomoção o teste é aplicado à distância, através de um representante utilizando os dados e foto do cliente, ou mesmo apenas através dos dados e foto do cliente.